sábado, 23 de janeiro de 2016

Revendo 2015 – Meu primeiro Triathlon, erros e acertos



2015 foi um ano difícil, de poucas provas e poucos treinos, portanto foi exatamente essa quantidade tão pequena e insignificativa que fizeram uma enorme diferença no meu ano. A dose foi pequena, mas  suficiente para manter minha sanidade.

Na corrida, como em qualquer atividade física a barreira mais difícil a ser vencida é a barreira mental, você só termina uma corrida, seja ela de 5 km, uma ½ maratona ou uma maratona inteira se seu cérebro estiver disposto a trabalhar ao seu favor. O músculo mental é quem faz o trabalho decisivo quando o cansaço físico e o esgotamento muscular te consomem. O trabalho final que te ajuda a vencer os últimos quilômetros.

Em junho, eu participei da prova “Desafio Morro do Moreno” e logo depois comecei a me preparar para o que foi o meu maior desafio  esportivo: Meu primeiro Triathlon!!!  Aprendi a nadar do zero e venci o medo que tinha das bicicletas de corrida com os sapatos presos ao pedal. Tudo foi novidade, aprendizagem e certamente uma experiência maravilhosa. Claro que, tive que trabalhar muito meu músculo mental!

O meu treino na piscina foi suado, tive que trabalhar muito a respiração. Como corredora sou acostumada a respirar pelo nariz e a soltar pela boca, me acostumar com a respiração inversa da natação me custou muito. Como não sabia nadar priorizei os treinos de natação e logo comecei a fazer também treinos conjuntos de bicicleta com corrida. E assim fui me acostumando com a sensação de correr com as pernas vazias e totalmente sem forças.

Claro que, como muita coisa na vida, a gente só aprende com os erros, meu primeiro triathlon me deixou uma grande lição: determinação é tudo!!!


Meu primeiro triathlon - resumo


Foram 2 meses de treino, priorizando totalmente as aulas de natação, já que eu não sabia nadar e tive que começar do zero. Nadava pelo menos 4 vezes na semana, às vezes acompanhada da minha professora Elena às vezes sozinha. Me custou muito e apenas nas últimas semanas estava conseguindo nadar 1.000 metros direto, sem parar. Como o meu triathlon era o sprint (750m nadando, 20km pedalando e 5km correndo), eu precisava nadar apenas 750 metros e pensava que estava tranquila. 

ERRO #1!!!  Por conta do mar agitado evitei ao máximo o treino no mar, e a prova foi realizada no porto!!! não tinha ondas, a água estava tranquila, mas era água salgada e eu não estava acostumada. 

Lição aprendida: Temos que treinar o mais próximo possível das condições da prova, e não se poupar de nada. Já que a prova era no mar eu deveria ter treinado no mar e não na piscina!! Eu não estava acostumada com água salgada e por isso passei muito mal com o pouco de água que engoli durante a prova. Outro fator que comprometeu muito o meu rendimento foi a falta de referencia, eu não conseguia avistar as bóias de marcação e muitas vezes não sabia se estava indo na direção certa.

Na bici até que eu mandei bem, apesar de nunca ter passado tão mal em nenhuma outra prova. Tive náuseas o tempo todo e muita vontade de vomitar. Foi a primeira vez que sentir isso. Apesar de todo incomodo fiz os 20km de bicicleta em um tempo razoável.



Mandando bem na bici



Durante as transições precisei de sentar para tomar um ar e de fazer tudo com muita tranquilidade, lembrava muito do meu professor de bicicleta me ensinando todos os truques para fazer a transição no menor tempo possível, foi impossível!!! Passava tanto mal que agilidade era a última coisa que passava pela minha cabeça, eu só queria acabar a prova.

ERRO #2!!! Eu deixei gatorade na garrafinha da bicicleta. Depois da água salgada eu precisa desesperadamente de água pura e cristalina para lavar a boca e eu não tinha. A bebida isotônica não descia, muito menos os gels de carboidratos, acabei desidratando e só fui melhorar durante a corrida quando finalmente pude tomar água e mandar um gel pra dentro.

Passando para a corrida o bicho pegou, tinha vontade de andar, já estava morta. Fui as poucos intercalando corrida com caminhadas, acho que foram os 5 quilômetros mais longos da minha vida. Mas cruzar a linha de chegada foi incrível, sensação de dever cumprido e de mais um sonho realizado. Prometi a mim mesma que jamais treinaria para outro triathlon  porém só quem sente o prazer da vitória ao cruzar a linha de chegada entende o gostinho de quero mais que fica depois, de querer se superar e de fazer melhor na próxima vez. Certamente a minha promessa não será cumprida, buscarei superar meus limites na natação e continuarei no triathlon!




A ponto de cruzar a linha de chegada



É isso aí galera! Quero abrir 2016 com novos planos, novos sonhos, que 2016 seja um ano de novas conquistas e desafios pessoais!! Em breve postarei mais novidade!!

Bom final de semana a todos!!






terça-feira, 9 de junho de 2015

Desafio Morro do Moreno - Vila Velha













Domingo foi dia de "Desafio Morro do Moreno",  cerca de 100 corredores cheios de energia participaram das 3 horas de competição, que podia ser feita individualmente, em dupla, trio ou quarteto. Me inscrevi na categoria dupla mista junto meu primo, corredor inexperiente e jogador de pelada, João Takeshi.


Vários erros foram cometidos e o maior deles foi o de não conhecer o local da prova, mesmo morando bem pertinho. Para uma prova de subida e descida em um morro já era de se esperar muita ladeira, porém fiquei asustada com a inclinação e o terreno húmido irregular. Resumindo, foi impossível correr morro acima. Minha primeira volta foi sofrida pela ignorância do fato, já na segunda mudei a estrategia e conseguir fazer melhor. Comecei a "andar" ladeira acima e a "correr" ladeira abaixo e uma velocidade média de 24 minutos a volta. Cada volta tinha aproximadamente 2.2 quilômetros de sofrimento :(

Eu e Pipito (Takeshi) no terceiro lugar 


O tempo de descanso do revesamento foi o que nos manteve na prova e ao fim acabamos na terceira colocação da nossa categoria.


O resultado geral e por categoria pode ser encontrado aqui!!


Enfim, estavamos em busca de diversão...
E o resultado foi garantido!!!


segunda-feira, 20 de abril de 2015

Calendário Corrida de Rua 2015 - ES



É muito legal ver como a corrida tem rua tem crescido no Espírito Santo, é notável o número de corredores pela cidade e a quantidade de novas provas que vem surgindo todos os anos.

Escolha a sua prova, treine com disciplina e vamos lá!
Fique de olho! Alguns eventos ainda não estão com as inscrições abertas.



Corridas em Abril - ES

Corrida da Imafar

Data: 26 de abril
Local: Vila Velha
Distância: 7 e 13 Km
Corra aqui para informações!

Corridas em Maio - ES

Corrida Encontro dos Trabalhadores e suas famílias

Data: 01 de maio
Local: Vitória
Distância: 6 Km
Corra aqui para informações!

Desafio Vitória - Anchieta

Data: 02 de maio
Local: Vitória a Anchieta
Distância: Solo 103 - Solo 65 Km - Solo 50 Km - Revezamento 103 (3 - 4 - 6 - 8 - 10 pessoas)
Corra aqui para informações!

Night Run

Data: 16 de maio
Local: Aracruz
Distância: 7 Km
Corra aqui para informações!

Corrida Rústica Sol Poente

Data: 24 de maio
Local: Colatina
Distância: 9,4 KM
Corra aqui para informações!

Desafio Morro do Moreno

Data: 31 de maio
Local: Vila Velha
Distância: em breve - Solo - Dupla - Trio - Quarteto
Corra aqui para informações!

Corridas em Junho - ES 

Corrida Cidade Saúde
Data: 07 de junho
Local: Guarapari
Distância: 14 Km
Corra aqui para informações!

IV Desafio da Promessa 2015

Data: 07 de junho
Local: Guarapari/Vila Velha
Distância: 52km - 42 Km - 30 Km - 12 Km
Corra aqui para informações!

Corrida Santa Lúcia


Data: 14 de junho
Local: Vitória
Distância: 5 Km e 10 Km
Corra aqui para informações!

Circuito do Aço ArcelorMittal Corrida e Passeio Ciclístico

Data: 21 de maio
Local: Serra
Distância: 10 Km


Corrida do Verde

Data: 21 de junho
Local: Cariacica
Distância: 6 Km


Corrida do Trabalhador Findes (a confirmar)

Data: 28 de junho
Local: Vitória
Distância: 10 Km


Corridas em Julho - ES

Corrida Eu Atleta

Data: 05 de julho
Local: Praia de Itaparica/Vila Velha
Distância: 10 e 5 Km
Corra aqui para informações!

Corrida Rústica Cidade do Verde

Data: 12 de julho
Local: Domingos Martins
Distância: 5 e 10 Km
Corra aqui para informações!


Corridas em Agosto - ES

Corrida e Caminhada Esperança

Data: 02 de agosto
Local: Vitória
Distância:


26 Dez Milhas Garoto 

Data: 16 de agosto
Local: Vitória-Vila Velha
Distância: 16 Km


Corrida Princesa do Norte

Data: 23 de agosto
Local: Colatina
Distância: 10 Km


Corrida em Outubro - ES

Correndo pra Cachorro

Data: 18 de outubro
Local: Prainha de Vila Velha
Distância: 5 Km
Corra aqui para informações!

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Que venha 2015!


Com todas as transformações de 2014 quero começar 2015 virando a página, traçando novas metas e exercitando sempre o músculo mais poderoso do corpo: The mental muscle. Esse é o único que te faz seguir a diante e que te da forças para terminar a última milha de uma maratona. É esse que te faz traçar novos projetos e a correr atrás do que te faz feliz! Que venha 2015!

Quero começar o ano com esse texto maravilhoso que encontrei no blog do Paulo Coelho. Espero que gostem!



Encerrando Ciclos


Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final…
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos.
Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.

Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?
Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu….
Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó.
Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.

Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.

As coisas passam, e o melhor a fazer é deixar que elas realmente possam ir embora…

Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.

Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração… e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.
Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.

Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor.
Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do “momento ideal”.
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!

Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa – nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.
Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é.

Esqueça quem você era, e passe a ser quem é.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Coma sem culpa - Pipoca saudável



Quem não gosta de assistir filme comendo pipoca? Eu Amooo!!!

Mas como fazer uma pipoca saudável e se deliciar sem culpa?

A pipoca é uma grande fonte de fibras e carboidratos e dependendo da forma que você faz pode sim trazer benefícios para a saúde. O meu segredo está na escolha do óleo.



popcorn photo: Popcorn popcorn.jpg




Como eu faço a minha pipoca:


- 1 colher de óleo de coco
- 1/4 copo de milho de pipoca

Coloque na panela e deixe o milho estourar, depois de pronta cubra com óleo de linhaça e sal. Sou sempre bem generosa com óleo de linhaça. O resultado é delicioso!!! O óleo de linhaça é rico em ômega 3, tem sabor de manteiga e é super saudável! Pode se deliciar sem culpa!


Outras dicas


  • Fique longe das pipocas de cinema, essas são recheadas de gorduras prejudiciais ao corpo :(
  • Evite pipoca de microondas - Podem causar câncer!!! A sacola da pipoca de microondas contém uma substância chamada PFOA (perfluorooctanoic acid ou C8) que quando em contato com o calor é liberada para a pipoca. A alternativa para quem não abre mão da praticidade do microondas é colocar milho dentro de uma sacola de pão, fechar e usar o microondas para estourar o milho. Funciona muito bem e sem adição de químicos. Vale lembrar também que as pipocas de microondas são recheadas de conservantes e sódio. 


Aproveitem!




domingo, 28 de setembro de 2014

Longão do Final de Semana e Corrida da Vale





Curva da Jurema



Com o calor de Vitória gosto de começar o meu treino pontualmente às 6 da matina, porém essa noite o meu Garmin me deixou na mão e não carregou a bateria devidamente. Por conta do acontecido acabei deixando o bendito relógio na tomada por uns minutinhos extras e sai de casa mais tarde do que o esperado, aliás, muito, muito mais tarde do que o esperado. Enfim, passei muito calor mas tive o treino devidamente registrado! E concluído!!!


Quando o dia começa errado parece que não tem jeito, tem sempre mais por vir...
Infelizmente...


Depois do drama do Garmim veio o drama do gel... passei pelo menos 30 minutos pela casa procurando um gel de carboidrato e NADA!!! Acabei tendo que saindo casa SEM!!! Meu longão foi de 20km e sofri bastante com a falta de energia, principalmente depois dos 15. E o sofrimento não parou por ai... usei um tênis que é relativamente novo (devo ter corrido com ele apenas umas 15 vezes), tive muitas dores nos pés e a sensação de dormência que só aliviou depois de uma pausa para tirar o tênis do pé. Uffa!!!


De agora em diante tênis novo será usado apenas para as corridas curtas. Lição aprendida!!!



Descansando os pés


Apesar dos apuros o treino foi agradável e divertido com a corrida da Vale acontecendo na Orla de Camburi. A Dante Michelini estava lotada de corredores e espectadores. Infelizmente fiquei fora da corrida, mas aproveitei bastante o clima e a energia positiva do acontecimento. Meu trajeto de hoje foi: Orla de Camburi (inda e volta), Curva da Jurema, Ilha do Boi passando pela bendita ladeira do Hotel Senac (ai, ai, que dor que foi....) e voltando até a Orla de Camburi para completar os últimos quilômetros, uffa....




Depois do treino




20km realizados em 2h10min




Amanhã será dia de descanso! Quero começar a semana focada na alimentação, tomando bastante água e chá. Tenho várias receitas novas para experimentar, se forem testadas e aprovadas postarei aqui!


Uma ótima semana para todos!!!
















sábado, 27 de setembro de 2014

Resultado da Corrida dos Bombeiros


O resultado da corrida dos Bombeiros saiu e para a minha surpresa fiquei na posição 35!!!!
Não consegui manter o passo e tive a sensação de que todos estavam me ultrapassando o tempo tooodo. Tive que andar bastante e tive muitas dores....

O meu desempenho deixou muito a desejar, porém o resultado me deixou super animada!

Amanhã tem corrida da Vale na Orla de Camburi!!! Infelizmente fiquei de fora das inscrições mas estarei por perto para o meu treino longo do final de semana.



35ª  Colocação na Corrida dos Bombeiros


O resultado da Corrida pode ser encontrado no site http://www.klesportes.com.br


Bom final de semana para todos!! E um excelente treino!!