sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Começando o feriado com 8K - Thanksgiving Day

Ontem foi feriado de Thanksgiving (ações de graças) e dia de muita comilança, então, para justificar um pouquinho das calorias começei o dia assim: Correndo! Com o Gallop & Gorge 8K.


Fugindo do frio 



Estava muitoooo frio, -3ºC, e com um pouco de gelo no asfalto. Meus pés estavam congelados... A prova foi de pequeno porte, porém muito bem organizada e com com corredores de peso. Terminei a corrida em 39:54, 6 segundos abaixo da minha meta. Yeahhhh...

Foi divertido encontrar com o pessoal do grupo de corrida da Fleet Feet, uma ótima maneira de começar o feriado!!! Que venham as comilanças!!!




Festa pós corrida


sábado, 23 de novembro de 2013

Semana pós maratona

Li muitos artigos sobre como se recuperar de uma maratona. Alguns falam que para cada milha percorrida é necessário um dia de descanso, ou seja, para um maratona, 26 milhas = 26 dias de descanso!!! Impossível!!! Outros sugerem inverter o treino e aumentar gradativamente o ritmo, o que parece mais racional... Mas para falar a verdade, continuo sem saber o que fazer e adotando a filosofia de escutar o meu corpo e ir me exercitando aos poucos dependendo de como me sinto.

Philadelphia foi no domingo passado, então, descansei segunda e terça. Quarta fiz uma corrida bem leve de 2 milhas e na quinta bicicleta. Sexta foi dia de alongamento. Já no sábado me senti preparada para correr novamente e encontrei com o pessoal do grupo de corrida, fizemos 50 minutos de trilha.  Foi uma maravilha! Estou até pensando em fazer parte do novo programa que é focado em trilhas e me preparar para uma corrida, Little river runs, que acontecera em janeiro.

Durante o treino meu metabolismo mudou bastante, comia praticamente a cada 3 horas e mesmo assim perdi mais de 3 quilos. Na semana pré maratona, com a redução do treino e o aumento dos carboidratos, recuperei um pouco o peso perdido. E essa semana um pouco mais. Continuei a semana com muita fome e mantive o ritmo da comilança. De agora em diante acredito que voltarei a comer como uma pessoal normal, rsrsr....

No mais, me sinto recuperada! E pronta para o meu próximo desafio!

Boa semana para todos!



domingo, 17 de novembro de 2013

O grande dia: Resumo e resultado da maratona da Philadelphia


Tempo oficial 04:13:59


Hoje todo esforço e dedicação dos últimos 4 meses se pagaram! A realização pessoal é indescritível, ouvir meu nome ao longo das 26.2 milhas foi mais que motivador. Emocionante! Uma das melhores dicas que segui e que valeu muito a pena. Mesmo que para isso eu tivesse sacrificado a blusinha da Lululemon. Impagável!

Cheguei no local da prova às 5:30 da manhã, foi bem tranquilo passar pela "segurança" do local, que não estava tão rigorosa quanto o esperado. O único problema que encontrei foi com a fila do banheiro, fiquei quase 1 hora esperando. Acabei chegando atrasada na concentração e por isso não consegui achar o pace group das 4 horas para o qual estava registrada. 

Levou bastante tempo para a galera se dispersar e a cada estação de água era um caos de corredores parando e cruzando na minha frente. Precisei usar habilidades extras para me desviar dos desesperados da sede. Ainda bem que levei o meu cinto de hidratação! muito mais conveniente e me ajudou a economizar tempo. Parei apenas 1 vezes para encher as garrafinhas.

Chegando no meio do caminho meu joelho, claro, começou a reclamar. Precisei reduzir o ritmo e parar algumas vezes para alongar. Depois da milha #24 a indignação do meu corpo era geral. Acredito que até o meu cabelo doía. O incentivo da galera gritando meu nome foi o que ajudou a ignorar a dor física, fortalecer o músculo mental e a terminar a corrida forte. Estou feliz e orgulhosa com o resultado!



Pronta para a corrida
Nome na camiseta


Pronta para começar a corrida





Na metade do caminho ainda cheia de energia



Passando pelo Museu de Arte da Philadelphia



Final da corrida


Comemorando com minha medalha



Para quem ainda não sabe os motivos pelos quais escolhi Philadelphia como destino da minha primeira maratona, aqui vai a lista:

  1. Fica relativamente perto da onde moro, Carolina do Norte;
  2. Não conhecia a cidade;
  3. Queria um evento grande, com apóio da torcida, Philadelphia teve mais de 30.000 corredores;
  4. Sou fã dos filmes do Sylvester Stallone, Rocky;

Como boa tiete que sou não faltaram fotos com o Rocky. Pena que não encontrei a Adrian por la.


Eu e Rocky com camisa da maratona


Todas as faces de Rocky
Lado




Frente

Costas



Obrigada a todos pelas mensagens de apóio de carinho! E também por todos telefonas que recebi hoje, sei que a vitória não é só minha! Jamais teria conseguido se não tivesse tanto suporte! 

Quero que saibam que estou pronta para a próxima!






sábado, 16 de novembro de 2013

Dia anterior a corrida - Hora de pegar o meu kit do corredor



Admirando a Av. Benjamin Franklin parte do percurso de amanhã


Philadelphia está gritando maratona por todos os cantos da cidade. Hoje aproveitei o dia para visitar a exposição e pegar o meu kit do corredor. Foi emocionante ver a cidade pronta para receber os 30.000 corredores esperados para amanhã cedo. Aproveitei também para conhecer  um pouco a cidade, tomando muito cuidado para não me cansar demais. Andei ao redor da Avenida Benjamin Franklin, visitei a estátua do Rocky Balboa e subir a escadaria do Museu de Arte. Com isso completei 2 coisas importantíssimas na minha lista de coisas a fazer em Philadelphia!!!


Seguindo os passos de Rocky Balboa, subindo a escadaria do museu de arte



Vista da cidade




Maratona da Philadelphia - 2013




Bandeira brasileira na Ben Franklin



A feira de exposição aconteceu no Centro de Convenções, estava lotado e muito organizado. Estava esperando encontrar uma fila enoooorme para pegar o meu número e acabei encontrando nada de fila. Muito bom! O lugar era de deixar qualquer um doido com muitas novidades e produtos esportivos. Venci a tentação e não perdi muito tempo andando pelos stands, toda e qualquer energia nessa altura do campeonato deve ser guardada! O processo todo, entre pegar o meu número e visitar a feira, levou 30 minutos, o que me faz muito orgulhosa de mim mesma!!!


Chegando no exposição



Pegando o meu número



E ai está: Karla - número 8793



Esse adesivo foi o meu preferido da feira de exposição: "If you see me collapse pause my garmin", ou em português: "Se você me ver desmoronar pause o meu garmin". Hilário, e só quem corre entende.

If you see me collapse pause my garmin




Outro adesivo que gostei: "If you found me on ground, please drag across finish line", ou em português: "Se você me achar no chão, por favor arraste para a linha de chegada".

If found on ground, please drag to finish line



Maratona da philadelphia completando 20 anos 

Agora é só descansar para o grande dia. Todos os corredores terão que passar por um processo de segurança e por isso é recomendado chegarmos cedo. Estou hospedada próximo a linha de partida e devo levar uns 20 minutos andando para chegar lá. Meu plano para amanhã é chegar às 5 da manhã e ter tempo suficiente para achar minha posição na linha de partida, usar o banheiro e fazer meu aquecimento.

Dedos cruzados e pensamentos positivos para amanhã!

15ª Semana de Treino: A semana final


Hoje com muito orgulho risquei o último dia de treino do calendário!!! Acordei cedinho e corri minhas últimas 2 milhas, alonguei bastante e finalizei com foam roller. A sensação é de dever comprido! Fiz tudo que podia para me preparar, agora é só aproveitar e me divertir!


sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Preparo Maratona: O que levar na mala

São tantos fatores que devem ser considerados na hora de arrumar a mala para um evento tão grandioso como uma maratona, que no final das contas é melhor prevenir do que remediar.  Vale a pena pensar também em nutrição e considerar levar alguns item, principalmente aqueles usados e aprovados durante o treino.

Para Philadelphia esses são os itens indispensáveis da minha mala, confiram:



Meus favoritos

- Água de coco
- Bagel
- Mel
- Licorice
- Glutamina
- BCAA
- 2nd Surge gel de carboidrato
- Barra de Cereal
- Cliff blocks
- Copo para misturar whey protein
- Tylenol
- Nuun





- Tennis
- Cinto de hidratação
- Meia
- Meia de Compressão
- Óculos de Sol
- Vaseline
- Tiger Balm
- Foam Roller
- Relógio Garmin
- Ipod
- Camera
- Carregadores: garmin, ipod, camera
- Luvas
- Protetor para os braços
- Protetor de orelha
- Roupas para todas as temperaturas: sainha de correr, top, camiseta, calça de comprida, camisa de manga longa
- Casaco de frio
- Casaco de chuva
- Minha camisa com meu nome
- Pasta com mapas e instruções para a maratona

A maratona será no domingo e a previsão do tempo é: temperatura ao redor dos 18 graus Celsius com posibilidades de chuva :) Não poderia ser melhor!!!

Philadelphia ai vou eu!


Preparo Final Maratona - Registrando para um Pace Group

Presente de boas vindas 

Ao longo do treino passei por várias metas pessoais... primeiramente meu único objetivo era terminar minha maratona. Logo, começei a pensar em Boston. Até que finalmente coloquei os pés no chão e definir 4 horas como uma excelente meta! Principalmente para a primeira maratona.

Para a ajudar a manter meu objetivo, de terminar a prova em 4 horas, me registrei para o "Cliff Pace Group". Esses grupos são formados por corredores mais experientes que conseguem manter o passo necessário para atingir a meta desejada. Fazer parte de um grupo pode ajudar bastante, principalmente para quem não tem tanta experiência como eu.

Como boas vindas recebi essa caixinha como alguns produtos do patrocinador, Cliff, e informações sobre o grupo. 

Surpresa maravilhosa!!


Preparo Final Maratona: Ganhe torcedores - nome na camisa

Seguindo o conselho de amigos velhos de guerra no quesito maratona, coloquei o meu nome na camisa que usarei na corrida. Sei que o sacrifício da camisetinha da Nike será válido assim que ouvir a galera gritando meu nome durante o evento.  Principalmente nas últimas milhas, quando as pernas cogitarem a desobedecer o cérebro. Será um grande aliado ao meu músculo mental. E certamente priceless! 

Foi uma decisão difícil! Tive que abrir mão de usar minha blusinha maravilhosa da Lululemon, comprada especialmente para o evento, e aderir a minha super antiga e batida nike T shirt. 

Confiram o passo a passo e o resultado:



 Usei letras adesivas para tecido da marca "Iron-on-letters", compradas na JoAnn.





A aplicação é simples, basta colocar a letra adesiva na posição desejada e usar o ferro de passar roupa por cima. A cola derrete e faz os tecidos, da letra e da camiseta, se aderirem. Fácil, fácil!




Resultado final


Frente
Verso




terça-feira, 12 de novembro de 2013

14ª Semana de Treino - Reduzindo o treino

Resumo da Semana: 16.95 Milhas/ 27.27 Quilômetros

Por algum motivo reduzir o treino tem sido a parte mais difícil até agora. Nem durante a minha semana de pico eu me senti tão cansada e despreparada como nessas duas últimas semanas.

Dessa vez o joelho direito começou a incomodar bem na região da tão temida banda iliotibial.  Graças a Deus Yuri, meu fisioterapeuta, examinou e garantiu que não é nada serio. Ele sugeriu colocar gelo depois da corrida e a manter o nosso plano de reabilitação que inclui: foam roller, alongamento e rotina de exercícios para a banda iliotibial.

Vou continuar seguindo todas as recomendações e esperar que semana que vem melhore.

Até a próxima!


segunda-feira, 4 de novembro de 2013

13ª Semana de Treino - Hitting the wall ou Batendo no Muro

Resumo da Semana: 36.65 Milhas/ 58.98 Quilômetros

Em inglês existe uma expressão chamada "Hitting the Wall" que significa "Batendo no muro". Ocorre quando a reserva de glicogênio está baixa e o corpo não tem energia suficiente para continuar o esforço físico. É uma fadiga grande que as vezes impossibilita terminar a prova ou o treino.  É evitada com uma alimentação adequada, antes e durante o treino. Por isso que os carboidratos em gel e as bebidas esportivas são tão importantes durante a corrida.  

Essa semana eu encontrei a parede no meu caminho... Foi uma semana difícil de treino apesar de não ter sido tão intensa como a anterior. Quinta-feira meu treino foi comprometido pela primeira vez e o que deveria ter sido uma corrida de 6 milhas se resumiu a 2 milhas correndo e 2 andando... tive caminhar na volta para casa :( Acredito que o cansaço muscular  junto com as poucas horas de sono contribuíram para a minha falha. 

Sábado foi quando eu "bati na parede", logo na milha #8 de um treino de 14 milhas. Não consegui manter o passo do grupo e fiquei para trás junto com o meu colega Mohammed que também estava lutando contra o cansaço. Normalmente eu tomo um gel de carboidrato 15 minutos antes do treino e a cada 5 milhas durante a corrida. Dessa vez a minha estratégia para vencer a parede foi tomar um gel extra, hidratar e diminuir a velocidade até o corpo responder.  Deu certo! Consegui completar o treino apesar de não ter sido o meu melhor.



Saindo de casa de manhã


Apesar de tudo a corrida de sábado foi bem divertida! Já que esse é o nosso último treino longo em grupo tivemos uma brincadeira chamada Scavenger Hunt, na qual precisávamos encontrar lugares históricos pela cidade e tirar fotos. O vencedor será o grupo que conseguiu tirar mais fotos no período de 1h 30 min. Ainda não temos a classificação. 

Confiram as fotos de sábado!


Nosso grupo completando as tarefas


Katya e eu


Grupo no Carr Mill Mall em Carrboro


Contando o número de árvores nos bancos de downtown Chapel Hill


Forest Theater - Teatro ao ar livre


Planetário da UNC


Mais um ponto famoso da cidade



Outro ponto histórico da cidade - Confederate Monument


Café da manhã pós treino - Eu com o mentor Doug


De todos os desafios de enfrentei até agora esse certamente foi o maior. Fico feliz por ter acontecido  agora e não durante a maratona em si. Espero evita-lo durante a corrida em Philadelphia. Próxima semana será mais leve e espero que mais fácil.

Agora são só 2 semanas até a maratona!

Boa semana para todos!